Ir para o conteúdo

Câmara Municipal de Almeirim - Um concelho com futuro

Página principal

Notícias

Correr nas Festas - 2019

Dia 19 de Junho 2019 pelas 19.45H - Partida junto à Biblioteca Municipal de Almeirim

Read more

Noticias gerais

Concerto Didáctico: "Família dos So…

Dia 02 de Junho de 2019 pelas 16.00H no Cine Teatro de Almeirim.

Read more

Noticias gerais

Eleição do Parlamento Europeu' 2019

LOCAIS E HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO DAS ASSEMBLEIAS OU SECÇÕES DE VOTO E ELEITORES QUE NELAS VOTAM

Read more

Noticias gerais

"Radio Gemini_Closer" - David …

Sábado, dia 25 de Maio de 2019 pelas 21.30H no Cine-Teatro de Almeirim

Read more

Museu Municipal

"Vem criar um livro de história…

Durante o ano lectivo 2018/19 no Museu Municipal de Almeirim

Read more

Noticias gerais

"Quem conta um conto..."

A partir de 30 de Março de 2019. Proporcione ao seu filho uma experiência fantástica..

Read more

Noticias gerais

Hora do Planeta 2019

O Município de Almeirim aderiu mais uma vez à iniciativa "Hora do Planeta".

Read more

Noticias gerais

Compromisso Pagamento Pontual 2019

A Câmara Municipal de Almeirim obteve, mais uma vez, o diploma de compromisso pagamento pontual.

Read more

Museu Municipal

"Brincar como antigamente - Vamos c…

A decorrer durante o ano lectivo no Museu Municipal de Almeirim.

Read more

Museu Municipal

"Cadernos de Cera - Vamos construir…

Durante o ano lectivo no Museu Municipal de Almeirim

Read more

Noticias gerais

Horários dos serviços de atendimento ao …

Câmara Municipal de Almeirim - Mais perto de quem precisa!

Read more

Noticias desportivas

Desporto Sénior +55

Venha praticar atividade fisíca de forma orientada e gratuita.

Read more

Notícias

Vinhos de Almeirim nas Praias - 2018

O Município de Almeirim, em parceria com a CVR Tejo e os produtores locais, deu continuidade à promoção dos Vinhos do Tejo pelas praias de Por...

Read more
  SEGUIR

Agenda

Mo Tu We Th Fr Sa Su
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

O CINEMA EM ALMEIRIM

O CINEMA EM ALMEIRIM

 

O Cinema em Almeirim quando se radicou, entre nós, como um dos mais populares meios de diversão, nas primeiras décadas do século XX, foi um grande acontecimento.
Antes porém, vamos rapidamente situar estes breves apontamentos na 2ª metade do século XIX, mais propriamente em 1872, quando o americano Muybridge e o engenheiro John Isaacs aperfeiçoaram o processo de captar imagens em movimento, e em 1895, os irmãos Lumiere, inventam uma máquina que fotografava e projectava imagens.
Estava criado o cinema que viria a ser conhecido pela 7ª arte e o qual, até aos nossos dias, tem passado pelas mais espectaculares transformações com as mais sofisticadas técnicas.
Em 18 de Julho de 1896 realiza-se, em Lisboa, a primeira sessão de imagens animadas e, no Verão desse ano, o portuense Aurélio Paz dos Reis, é o primeiro português a produzir um filme, rodado no Porto “A saída do pessoal operário da Fábrica Confiança”.
Em 1904 abre ao público o Salão Ideal, em Lisboa, sendo a primeira sala expressamente construída para projecção de cinema. 
A partir de então, o cinema vai chegando a várias localidades do nosso país e, em Almeirim, houve, também, algumas experiências que iam criando adeptos.
Vamos começar em 1930, ano em que se exibe, em Lisboa, o primeiro filme sonoro, por notícias publicadas no “Vale do Tejo”, existindo já nessa altura, a Associação Recreativa de Almeirim que tinha a seu cargo, a manutenção do espectáculo cinematográfico na nossa terra, realizando esta Associação, também no Salão, existente na Rua 5 de Outubro e num palco de dimensões reduzidas, agradáveis espectáculos de teatro por amadores locais e outros entretenimentos que enchiam sempre a sala.
Nesta altura as sessões eram divididas por dois lugares, conforme as estações do ano: no Inverno realizavam-se na sede da Associaçãona Rua 5 de Outubro, onde hoje se encontra a oficina da empresa Quinas e, de Verão, eram feitas ao ar livre, utilizando-se diversos lugares. Assim o “Vale do Tejo” de 6 de Julho de 1930 publica:
“Com desusada concorrência inaugurou-se em 25 de Junho, o cinema ao ar livre no pátio das antigas Cavalariças Reais, gentilmente cedido pelos proprietários”.

 


Exibiam-se com agrado geral os grandes êxitos do cinema mudo que eram acompanhados por uma orquestra.
Em 26 de Outubro, o mesmo jornal dizia: 
“Terminaram com uma bela sala de espectáculos ao ar livre promovidos pela Associação Recreativa de Almeirim. No próximo domingo reabrirá a época de Inverno na sede da mesma Associação”.
Entretanto anunciava-se a constituição de uma nova empresa para a montagem de um cinema, com comodidades idênticas aos melhores do nosso país, ficando situado numa artéria central da vila.
Em 1 de Fevereiro de 1931 surge a primeira notícia de que ia aparecer o cinema sonoro.
Em 2 de Agosto voltam os espectáculos ao pátio, começando nos finais de 1931 as obras do mercado coberto, onde, depois da sua inauguração em 31 de Julho de 1932, passou a ser o local preferido para as sessões de cinema de Verão.
Em 29 de Janeiro de 1933 o aparecimento do sonoro começava a ser um facto, desenvolvendo a direcção da Associação todos os esforços para o efeito, fazendo deslocar, até nós, alguns técnicos para estudarem a passagem a sonoro, do equipamento existente.
Foi resolvido adquirir um sistema Philisonoro que foi inaugurado no dia 22 de Junho de 1933, na abertura da época de Verão no mercado coberto e que embora tivesse registado algumas deficiências técnicas pela brevidade com que foi montado, ofereceu no domingo seguinte, um excelente programa, pois foi considerado “o melhor aparelho sonoro do distrito”.
No dia 10 de Setembro de 1933 exibiu-se o filme português “A SEVERA” que galvanizou uma enorme multidão que assistiu à sua projecção.
Entretanto, tomava vulto a ideia da construção de uma nova sala de espectáculos em Almeirim que oferecesse melhores condições aos espectadores, enquanto no pequeno écran da Associação continuavam a fazer as delicias de todos, os filmes do Maurice Chevalier, da Jeannete MacDonald, Nelson Eddy, do Tim McCoyKen Maynard, e de outros grandes nomes de então.

 

Constituída uma comissão composta por proprietários da nossa terra, foi construído o edifício do Cine Teatro, na Praça da República que teve a sua inauguração em 16 de Junho de 1940, com a peça de teatro “A INIMIGA” interpretada pela grande actriz Maria Matos.
O primeiro filme a exibir-se foi uma estreia em Portugal “A SERENATA DE SCHUBERT”., com Louis Jouvet em 20 de Junho.
O Cine-Teatro conheceu, então, a partir dai, grandes momentos de animação porque o cinema exercia um enorme fascínio sobre a população.
Por lá passaram grandes companhias de teatro de Lisboa e amadores locais, levaram ao palco espectáculos agradáveis de teatro e variedades, marcando muitos anos de interesse.
O Cine-Teatro na linha do que estava a acontecer em quase todo o país, passou por momentos difíceis de sobrevivência durante muitos anos, até que encerrou as suas portas, ficando a aguardar qual o seu destino.