Saltar para o conteúdo principal

Construção do Comando Nacional da Força Especial de Proteção Civil

Designação do projeto | Construção do Comando Nacional da Força Especial de Proteção Civil

Código do projeto | POSEUR-02-1810-FC-000531

Objetivo principal | O presente projeto permitirá o fortalecimento da rede de infraestruturas de proteção civil, através da edificação do Comando Nacional da Força Especial de Proteção Civil, potenciando o aumento de resiliência do próprio Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS), através do reforço da capacidade operacional pela criação de instalações com adequadas condições de operacionalidade para a melhoria do comando e controlo das ocorrências que estão no domínio da responsabilidade da ANEPC/FEPC, bem como pela complementaridade dos agentes de proteção civil.

Região de intervenção | Distrito de Santarém

Entidade beneficiária | Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil

 

Data da aprovação | 30-03-2021

Data de início | 06-06-2020

Data de conclusão | 30-04-2023

Custo total elegível | 2.337.607,10 €

Taxa de Cofinanciamento | 57,22%

Apoio financeiro da União Europeia | 1.337.500,00 €

Apoio financeiro público nacional | 1.000.107,10 €

 

Objetivos, atividades e resultados esperados

A operação apresentada pela ANEPC destina-se à edificação do Comando Nacional da Força Especial de Proteção Civil (CNFEPC), com o objetivo de melhorar as condições dos operacionais da FEPC, bem como robustecer a resposta operacional.

A localização do CNFEPC assume especial preponderância em termos geográficos, dada a respetiva centralidade desta região de Portugal Continental, permitindo um apoio regional alargado no âmbito do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR). / O presente projeto permitirá o fortalecimento da rede de infraestruturas de proteção civil, através da edificação do Comando Nacional da Força Especial de Proteção Civil, potenciando o aumento de resiliência do próprio Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS), através do reforço da capacidade operacional pela criação de instalações com adequadas condições de operacionalidade para a melhoria do comando e controlo das ocorrências que estão no domínio da responsabilidade da ANEPC/FEPC, bem como pela complementaridade dos agentes de proteção civil.

 

 

LogosEUPoseur2020

voltar ao topo